Na reunião de ontem, 21, o governador Belivaldo Chagas também se pronunciou sobre a ocupação de bares e restaurantes.

Até o momento não há nada decidido sobre o feriado de Carnaval em Sergipe. Isso porque, o governador Belivaldo Chagas informou ontem, 21, após reunião com membros do Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (Ctcae), que a decisão só será tomada após a reunião da semana que vem, que ocorrerá na sexta-feira, 29.

Porém, Belivaldo já adiantou que não serão permitidas festas carnavalescas, a fim de evitar aglomeração, e que haverá uma força tarefa para fiscalização no estado, responsável por fiscalizar e garantir o cumprimento das medidas.

“A gente quer evitar que nesse período de Verão tenhamos muitas festas. No decreto, anunciaremos medidas duras, com o objetivo de evitar aglomeração carnavalesca. Teremos uma força-tarefa para agir com força e firmeza com o objetivo de coibir, porque está mais do que comprovado que aglomeração cria problema. É fato que temos a vacina, porém em uma quantidade muito pequena. Portanto, não dá para brincar. Que a gente continue com todos os cuidados e evitando aglomerações”, enfatizou o governador.

Na reunião de ontem, um dos pontos que entrou em pauta foi a ocupação de bares e restautantes; Belivaldo anunciou que por enquanto continuará sendo permitido a ocupação de 50%. Em relação às apresentações artísticas nos locais fica autorizada a presença de até quatro artistas no palco, que deverão usar máscaras durante toda a apresentação.

A realização de eventos festivos para até 100 pessoas em ambientes fechados e 150 em ambientes abertos continua liberada.

Também na reunião, o governador deliberou sobre o funcionamento da administração pública estadual, onde 100% dos servidores devem retomar o trabalho, com ressalva apenas para os grupos de risco.