O Confiança, mais uma vez, começou o Campeonato Sergipano com o pé direito. Sem perder em uma estreia do certame estadual desde 2008, o Dragão do Bairro Industrial venceu o Atlético Gloriense pelo placar de 2 a 1 na tarde deste sábado, 20, na Arena Batistão.

Ainda em processo de reformulação da equipe, o time azulino comandado por Daniel Paulista, mesmo com pouquíssimo tempo de pré-temporada, é o grande favorito ao título do Sergipano de 2021 e começou a jornada da melhor forma possível. Na temporada passada, venceu o estadual de forma invicta, além de ter chegado às semifinais da Copa do Nordeste e de ter conquistado a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro.

Já pelo lado do Atlético Gloriense, comandado pelo jovem Caio Simões, a derrota refletiu as expectativas de lutar contra o rebaixamento. O time foi vice-campeão da Série A-2 do Sergipano de 2020 e é liderado nessa temporada pelo experiente Ramalho, volante com passagens por Sergipe, Frei Paulistano e diversos clubes do Brasil afora.

Primeiro tempo

Na primeira parte dos 90 minutos, o jogo começou morno. Com o gramado da Arena Batistão extremamente desgastado em virtude da maratona de jogos do Confiança em 2020, as equipes não protagonizavam um espetáculo tão vistoso, refletindo a estética do palco que atuavam.

Após a parada para hidratação, aos 20 minutos, o jogo passou a ficar movimentado. Willians Santana, atacante do Confiança, foi o primeiro a criar uma boa oportunidade de gol. Aos 26 minutos, recebeu um bom lançamento, dominou a bola e obrigou Clezio a fazer boa defesa, espalmando a bola para escanteio.

Logo na sequência, falta próxima a marca do escanteio. Altemar levantou a bola na segunda trave e encontrou novamente Willians, livre de marcação, para empurrar a bola no fundo das redes do Touro de Glória. O atacante, que fazia sua estreia com a camisa proletária, estava em posição irregular. 

Houve muita reclamação dos atletas do Gloriense, principalmente de Ramalho, que afirmava ter visto a bola bater na mão do jogador. A arbitragem nada marcou, assim como o seu auxiliar, e o gol foi confirmado.

Após o gol, a partida voltou a esfriar. O Atlético tinha muita dificuldade em furar a boa marcação do Confiança, que por sua vez jogava de forma comedida, aproveitando a vantagem no placar.

Segundo tempo

Dentro da etapa complementar, o jogo recomeçou com os ânimos agitados. Serginho, volante do Confiança, cometeu falta dura em Talles no primeiro minuto do segundo tempo, e como já possuía cartão amarelo, foi expulso pela arbitragem. 

A expulsão deu gás ao Gloriense, que decidiu se soltar mais na partida e tentar algumas investidas. Logo aos 5 minutos, Lucas fez boa jogada individual, driblou o zagueiro Nirley e tentou o arremate contra o gol de Rafael Santos, mas a bola foi para fora.

Os Touros do Sertão permaneciam em busca do empate, mas assim como no primeiro tempo, tinham muita dificuldade em ter chances claras. O Confiança, ainda com a falta de ritmo natural do início de temporada, administrava o jogo como podia.

Eis que aos 20 minutos a partida se define. Aos 20 minutos, o Atlético chegou bem ao ataque e Jean, livre de marcação, acertou a trave. O lance, contudo, já estava parado pelo árbitro da partida, que assinalava toque de mão na jogada.

No minuto seguinte, a bola volta a tocar na mão de um jogador do Gloriense, mas dessa vez em Talles, no setor de defesa. O juiz, próximo do lance, apontou prontamente a marca da cal. Lucas Barcelos foi para a cobrança e colocou bola de um lado, goleiro do outro, 2 a 0 para o Dragão.

O jogo voltou para a tônica morna de grande parte dos 90 minutos, em virtude das diversas dificuldades do Atlético e da tranquilidade do Confiança com o placar. O Touro do Sertão ainda conseguiu diminuir o placar nos acréscimos, com gol de Vidinha, após assistência de Talles e tentaram imprimir uma pressão em busca do empate. Contudo, não foi suficiente, e os proletários permanecem invictos no Campeonato Sergipano – somado a campanha passada e a atual.

Próximos jogos

O Confiança agora volta a campo no próximo sábado, dia 27, contra o Altos, no Piauí, pela primeira rodada da Copa do Nordeste. Por parte do Gloriense, voltam a campo no dia 2 de março, diante do Dorense, pelo Campeonato Sergipano, em Nossa Senhora da Glória.

Por Fabrício Santos / Foto: Dienes Celestino