A mulher foi encontrada degolada no último domingo, 21, dentro de casa, no povoado Catamarã, na cidade de São Cristóvão. Além do pescoço cortado, o corpo tinha várias marcas de facadas.

Informações apuradas por Douglas Magalhães, esclarecem que ele estava próximo da casa da mulher, quando foi seguido e recebeu vários tiros. Não resistiu e veio a óbito.

A polícia identificou que os dois possuem ligação com o tráfico de drogas, mas não confirmou, ainda, se os casos possuem a mesma motivação.