O homem, que tem 64 anos foi preso na última quarta e na quinta participou da audiência de custódia.

O idoso de 64 anos preso em Aracaju na última quarta, 24, suspeito de estuprar quatro netas menores de idade e uma enteada teve a sua prisão preventiva decretada ontem, 25, durante audiência de custódia. Ele foi encaminhado a um presídio.

Inicialmente as investigações apontavam que o crime fora praticado contra uma criança de sete anos, visto que a Polícia Civil recebeu uma denúncia anônima.

“Contudo, no decorrer da investigação encontramos indícios de que ele havia cometido abuso com outras três netas e muito possivelmente com a mãe delas, que é sua enteada”, disse a delegada Josefa Valéria, da DEACAV.

Ainda conforme a delegada, as vítimas tinham medo de denunciar, visto que sofriam ameaças e não tinham o apoio da avó, pois ela não acreditava no que as netas diziam.