O valor apreendido somente foi divulgado pela Polícia Federal na noite da última quarta-feira, 03.

A Polícia Federal apreendeu R$ 13.129.217,00 na última quarta-feira, 03, durante a Operação Distração, realizada em Itabaiana, Aracaju, Lagarto e São Cristóvão. A ação da PF investigou crimes envolvendo o site de apostas ESPORTENET e os seus proprietários.

De acordo com a PF, objetivo da operação foi obter provas para investigação que apura suposta prática de exploração de jogos de azar, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e organização criminosa envolvendo o ESPORTENET e seus proprietários. A investigação iniciou no ano de 2019, com auxílio da Receita Federal.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, sendo seis na cidade de Itabaiana; ninguém foi preso. Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 6ª Vara Federal da cidade serrana.

Bens dos envolvidos no caso, como por exemplo, automóveis também foram apreendidos e a PF deve divulgar nesta quinta, 04, o valor total, juntando o dinheiro em espécie e o valor destes bens.

O valor em espécie apreendido somente foi divulgado pela Polícia Federal durante a noite, visto que ele estava sendo contado. O dinheiro estava escondido em malas, bolsas e caixas nos locais onde os mandados de busca e apreensão foram cumpridos pelos agentes.

INVESTIGAÇÕES:

A PF em Sergipe identificou que os envolvidos com a exploração de jogos de azar apresentavam movimentações financeiras incompatíveis com suas rendas declaradas, atividades econômicas e ocupações profissionais.

Durante a investigação, foram constatadas práticas características do crime de lavagem de dinheiros, como, por exemplo, fragmentação de depósitos em espécie e pulverização de dinheiro em diversas contas bancárias, com o fim de dissimular a origem e o valor total das transações financeiras.

Além disso, foram identificadas operações de câmbio não autorizadas, com o fim de promover evasão de divisas, o que atraiu a atribuição da Policia Federal para atuar no caso.

DISTRAÇÃO:

A Polícia Federal informou que o nome da operação faz referência ao prazer proporcionado pelos jogos de azar e ao fato.

Com informações da Polícia Federal