Armas, drogas e dinheiro foram apreendidos durante a ação policial.

Em operação conjunta deflagrada na manhã desta sexta-feira, 05, as polícias Civil e Militar encontraram cinco suspeitos de envolvimento com os crimes de tráfico de drogas, homicídios e roubos, sendo que dois foram presos e outros três entraram em confronto com os agentes das forças de segurança pública A ação policial foi realizada pela Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória e pela Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac), da Polícia Militar.

Os suspeitos que entraram em confronto foram identificados como Rafael Lima dos Santos, Carlos Ademir dos Santos e Bruno Sandryell Costa Santos.

A operação teve como objetivo o cumprimento de mandados de prisão de busca e apreensão na região de Nossa Senhora da Glória. A ação policial é decorrente de investigações conduzidas pela Delegacia Regional.

Na operação, também foram apreendidas armas de fogo e drogas, além da quantia de R$ 1,4 mil e uma nota falsa de R$ 100. O delegado Eurico Nascimento detalhou que a ação policial é decorrente de investigação dos crimes de homicídio e tentativa de homicídio.

“Deflagramos uma operação conjunta para cumprimento de cinco mandados de prisão temporária e de sete mandados de busca tanto em Monte Alegre, quanto em Nossa Senhora da Glória. Essa operação foi deflagrada com a intenção de cumprimento desses mandados de homicídio e tentativa de homicídio ocorridos em março de 2020. A operação foi batizada de Atheleya em razão da simulação descoberta onde os envolvidos queriam atribuir o crime a outras pessoas”, pontuou.

O coronel Fábio Rolemberg, comandante do policiamento militar do interior, complementou informando que o grupo criminoso também atuava em outros crimes registrados na região de Nossa Senhora da Glória.

“A operação conjunta foi deflagrada com base em mandados expedidos em decorrência do homicídio que vitimou uma jovem que estava grávida. O grupo, além da prática de homicídios, atuava também no tráfico de drogas e roubos e furtos”, finalizou. 

Fonte e fotos: SSP/SE