Nos fins de semana, os templos religiosos poderão funcionar, com 30% da ocupação.

O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas anunciou a pouco, em coletiva de imprensa, novas medidas de enfrentamento ao coronavírus no estado, válidas por mais sete dias.

Ele prorrogou mais uma vez o toque de recolher e anunciou também o adiamento do retorno das aulas presenciais, para 03 de maio (estas deveriam voltar na semana que vem).

Nos fins de semana, os templos religiosos poderão funcionar, com 30% da ocupação, a mesma da semana. No mais permanecem todas as medidas anteriores e o toque de recolher continua das 20 às 05h, tanto na semana, como no fim de semana. As praias, bares e shoppings continuam fechados nos dias do fim de semana.

O anúncio foi feito por Belivaldo após reunião com membros do Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (Ctcae), com base nos dados da última semana, referente aos novos casos confirmados da doença, bem como a taxa de ocupação dos leitos de UTI e enfermaria, que não diminuíram.

“Precisamos de pelo menos mais oito dias para avaliarmos essa situação. Vivemos períodos diferentes à média de óbitos. No pico do ano passado tivemos 27 óbitos/dia, hoje estamos com 22 óbitos/dia. Chegamos a ter 167 pacientes, agora tenho 205 pacientes internados em UTI. Isso é preocupante. Não há razão para flexibilizar”, disse o governador, na coletiva.

Na semana que vem, o governador se reunirá novamente com o Comitê, para mais uma vez discutir a situação e traçar novas ações de enfrentamento ao coronavírus.